Google+ Badge

domingo, 9 de abril de 2017

Um apelo a quem tem poder para legislar e fiscalizar...


São animais belíssimos,
por isso todos admiramos as 
Aves de Rapina...

Há uma série de restrições ao comercio destas espécies,
mas depois contraditoriamente 
encontramos exibições destes animais nas ruas e feiras.

Em alguns lugares a troco de uma quantia 
pode tirar uma foto com um dos animais.

Há uns tempos em Mafra, perguntei a um falcoeiro
porque tinha tantos animais presos para exibição.
Disse-me que era para obter verbas 
para uma organização de preservação das espécies
e chamar à atenção das pessoas para a beleza das aves
e a necessidade de as protegermos.

Achei que fazia sentido - tanto mais 
que o homem tinha o cuidado de as ter protegidas do sol
e era extremamente amistoso com as aves.

Depois fiz uma visita à Madeira
e vi que é rotineiro nas ruas do Funchal 
ter águias e falcões horas a fio ao sol,
para serem fotografadas com os turistas que o desejem.

Todas as festas e feiras Medievais (tanto em moda)
têm exibição destas aves
e não me parece que tenham carácter didáctico
ou sirva o fim da preservação das espécies.

Ainda que fosse esse o objectivo - há que respeitar os animais
e criar as condições mínimas.

Vejo-os acorrentados ao sol,
com temperaturas de 30ºc, sem sombra  
e água para se refrescarem.
Já seria suficiente o stresse de se verem rodeados
por tanta gente e tanto barulho.

Um apelo a quem tem poder para legislar
e fiscalizar...

Que o nosso divertimentos
não seja à custa do sofrimento 
dos que dizemos querer proteger...













Benvinda Neves