terça-feira, 22 de janeiro de 2019

"Falcoaria Real de Salvaterra de Magos"...


A visita à 
"Falcoaria Real 
de Salvaterra de Magos"...
começa com a explicação
sobre a ligação deste Edifício  ao antigo Paço- Real.
Crê-se que a data de construção do 
Palácio da Real Falcoaria seja do inicio do século XVIII.
Para aqui vinha a Coroa realizar pomposos caçadas,
 que se tornaram mais famosas em 1752,
quando vieram para o palácio 10 falcoeiros holandeses,
para ensinar esta arte.

Caiu em desuso no inicio do século XIX,
e após décadas de abandono, 
o edifício foi adquirido pela Câmara Municipal,
recuperado e inaugurado em 2009.

Possui um auditório, uma sala de exposições,
uma exposição permanente de aves
e um pombal.
Foi-nos explicado que todas as aves em exibição,
nasceram em cativeiro,
uma vez que em Portugal não é permitido por lei,
aprisionar aves de rapina selvagens.

A Falcoaria Real de Salvaterra de Magos
assinala dois anos de reconhecimento pela UNESCO 
de Património Cultural Imaterial da Humanidade.






























Benvinda Neves




Sem comentários:

Enviar um comentário