Google+ Badge

quinta-feira, 9 de agosto de 2018

só o dialogo constrói solidariedade...




Todos temos defeitos
e de modo algum me esquivo a assumir os meus.
Confesso que luto sempre contra a impulsividade
e a franqueza com que reajo ao que não gosto.

Mas há feitios que por muito que tente,
nunca conseguirei compreender
e muito menos aceitar.

É triste e parece que vem ganhando "moda",
o egoísmo monstruoso de algumas pessoas,
que não chegam a acordo familiar através do dialogo
e despejam nas redes sociais desaforos sobre os desentendidos.

Casais em que um vem e escreve o que lhe vai na gana,
pais que achincalham os filhos,
gente que insulta, gente que toma partido e comenta.

Triste... muito triste...

Pergunto-me qual a felicidade que o acto trás à pessoa?
Vai resolver o problema? 
Ou pelo contrário vai piorar o que estava mau?
Fica melhor com a sua consciência,
porque tornou publico um problema familiar?
Ou pelo contrário, trás mais amargura?

Olhando estes dois octogenários,
numa cumplicidade que me derreteu a alma,
não resisti a registar o momento
e a reflectir que 
só o dialogo constrói solidariedade...


Benvinda Neves