Google+ Badge

segunda-feira, 18 de junho de 2018

Templo Romano de Évora...


Popularmente conhecido por Templo de Diana,
o Templo Romano de Évora...
foi possivelmente construído em homenagem
ao imperador Augusto, venerado como um deus.

Está localizado no centro histórico,
mesmo ao lado da Sé 
e é o único vestígio do forum romano da cidade.

Está classificado pela UNESCO
como património mundial.

É um dos muitos monumentos 
desta bonita cidade histórica.







Benvinda Neves



Mais um céu em "metamorfose"...


Nuvens de vento cobriram a serra 
e forram todo o horizonte,
com a excepção de uma pequena clareira
por onde espreita o azul,
que o sol vai tingindo de dourado 
na sua rápida despedida.

Mais um céu em "metamorfose"... 
contagiando-nos por momentos a alma.

Também os pássaros sabem que o dia finda
e apressam-se a recolher.










Benvinda Neves



domingo, 17 de junho de 2018

Restaurante da Ribeira...


Aqui não entra a má disposição...

Se algum dia for almoçar a Montemor-o -Novo
e quiser comer bem e vir bem disposto,vá ao 
Restaurante da Ribeira...
Onde a ementa é cantada e dançada,
do cimo de uma mesa.

Mas atenção que é preciso fazer reserva,
pois está sempre cheio - porque a comida é mesmo boa
e os preços acessíveis.

Gostámos muito do ambiente
descontraído e familiar.







Benvinda Neves

Adoro Papoilas...


Ficam tão lindos os campos Alentejanos
nesta altura do ano.
Adoro Papoilas...






Benvinda Neves



Montemor-o Novo...


Alentejo, hoje "tórrido" com 36ºc,
impossível ficar na rua sem escolher uma sombra frondosa.

O bafo quente deixa-nos a escorrer
e dificulta a respiração.

Há que procurar os jardins 
e as zonas perto da água.

Montemor-o Novo...















Benvinda Neves




sexta-feira, 15 de junho de 2018

Procissão de Santo António...


Estamos em Junho, 
altura das festas dos Santos Populares.
Dia 13 foi dia de Santo António, 
e por isso se realizou em Lisboa ao fim da tarde a 
Procissão de Santo António...

São Vicente é o padroeiro da cidade,
mas o povo assume e venera o Santo António.

Mistura-se a fé, com os ditos populares
e ao Santo oferecem-se velas  e quadras
com a esperança que o milagre aconteça.

As ruas estão engalanadas,
há barraquinhas de comes e bebes,
 os pãozinhos e as moedas do santo,
e os manjericos típicos destas festas.

 A imagem do santo sai da igreja onde se acredita
que terá nascido o frade,
segue até à vizinha Sé e vai percorrendo 
as estreitas ruas de Alfama,
enquanto se juntam ao cortejo mais cinco santos
que saem das várias igrejas da freguesia.

É um mar de gente a serpentear pelas ruas 
por entre rezas e cheiro de incenso,
com cada vez mais gente a engrossar o cortejo.

Termina na Sé com o sermão e a bênção dos fieis,
retornando o Santo à sua igreja,
até ao próximo ano.

Santo António é o casamenteiro...
e ninguém gosta de solidão.

É um orgulho da cidade 
os casamentos colectivos 
que se realizam todos os anos,
a que se chama "casamentos de Santo António."
São pagos pela autarquia,
que realiza assim o desejo de alguns casais.

Será que o Santo, no meio de toda esta multidão,
 decorou todas as preces?
























Benvinda Neves