Google+ Badge

sábado, 13 de janeiro de 2018

Tudo passa e o Inverno também...



Às vezes a nossa alma 
fica tão triste e tão despida,
quanto uma paisagem de Inverno.

Somos seres sociais
e quer queiramos quer não,
o meio onde estamos inseridos afecta-nos.

Não mudamos os outros,
nem eles mudam, por gostarmos ou não.
O único poder que temos 
é de mudarmos nós próprios.

Quando o vento já arrancou todas as folhas
e a enxurrada as levou na correnteza,
restam-nos os troncos erguidos
e as raízes bem presas à vida,
a impedir que nos roubem a alma.

As tempestades entristecem-nos
e deixam um vazio, 
no lugar onde tínhamos um sentimento enganado.
Temos às vezes dificuldade
em definir o que sentimos depois.

Tudo passa e o Inverno também...
mas vamos ficando diferentes.


Benvinda Neves