Google+ Badge

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Felizardos os Artistas...



Todos assumimos que Artistas,
representam uma personalidade que não a sua.

Quando "é mesmo bom", assumimos como real
aquele personagem.

Acreditamos que é gentil, bondoso, ou vil, cruel...
desde que quem representa
 tenha o mérito de nos fazer acreditar.

Pergunto-me quantas vezes 
encarnam a própria personalidade?

Em quantos momentos somos Artistas
 (não assumidos)
e disfarçamos os nossos sentimentos
com receio de sermos fragilizados?

A vida e o palco se assemelham.

Felizardos os Artistas...

que podem Chorar ou Rir
que recebem aplausos.


Benvinda Neves