Google+ Badge

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Estranho...








Estranho...

Há dias em que a alma nos foge
e vagueia sem rumo,
no labirinto que é o nosso intimo.

Parece que não nos conhecemos.
Que nos perdemos em pensamentos
que não são nossos.

Há dias em que mora um estranho cá dentro,
que não compreendemos
e que teima em baralhar 
tudo aquilo em que acreditamos...



Benvinda Neves