Google+ Badge

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Que venha o vento…



Que venha o vento…

Que venha o vento…
E liberte a minha alma
De tudo o que a faz triste.

Que venha o vento…
Me dispa do que me pesa,
Me deixe nua…mas livre.

Que venha o vento…
Me faça freneticamente dançar no cimo da falésia,
Mas me deixe admirar e amar o mar.

Que venha o vento…
Mas que saiba que me volto a abrir,
Sem receio que me arranque todas as pétalas.



Benvinda Neves
Janeiro 2015