Google+ Badge

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Há frases que nunca esquecemos...


Há frases que nunca esquecemos...

Sempre me atraiu o "excêntrico" - o diferente.
Confesso que hoje menos,
mas na juventude essa atracção irresistível,
trouxe-me alguns grandes dissabores.

Aí pelos meus dezasseis anos, tive uma professora
que saía de todos os padrões normais.
A imagem que tenho dela é de uma bolinha, pequenina,
com os cabelos em pé, vermelhos, sempre de saias muito curtas e justas,
sentada de frente para nós com as cuecas à mostra ou
de gatas pelo estrado porque tinha perdido uma das lentes de contacto
ou outro  objecto qualquer, pois caiam-lhe constantemente.

Achava-a "meio-louca", temia-a e fascinava-me.
Mas porque adorava Psicologia "bebia" todas as suas palavras.

Dizia ela:
"a inteligência é a capacidade que temos de nos adaptar a novas circunstancias".
Hoje enquanto conduzia o meu carro adaptado à perna esquerda,
veio-me à cabeça uma vez mais esta frase.
Foi a resposta que tivemos que dar num dos testes e a única aceite como correcta.
Passados trinta e muitos anos, dei comigo mentalmente a contestá-la.

Nunca fui um génio. O meu grau de inteligência jamais será classificado de grande,
mas tenho uma capacidade enorme de me adaptar a novas circunstancias.
Conheço no entanto, pessoas extremamente inteligentes,
que foram alunos excepcionais e que não têm a menor capacidade de adaptação,
nem às coisas mais simples da vida.

O que me leva a pensar que o nosso instinto de sobrevivência,
pode ser mais importante que ser inteligente.

Há pessoas que sem terem sido significativas, nas nossas vidas, 
nos deixam frases (e memórias) que nunca esquecemos.



Benvinda Neves

Novembro 2014