Google+ Badge

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

A saudade é uma dor imensa...



Faz hoje um ano...


É verdadeira a frase atribuída a Charles Chaplin que “dizemos adeus a quem amamos, sem os tirar do coração”.
Faz hoje precisamente um ano que me despedi de uma grande amiga.

http://bcpvneves.blogspot.pt/2013/08/a-preparar-o-adeus-uma-grande-amiga.html

Seja porque ontem pensei nela, ou porque existe alguma espiritualidade que nos continua a ligar a quem parte, a verdade é que esta noite foi extenuante.
Três horas de sono, seguidas de uma insónia desesperante, daquelas em que os olhos se querem fechar, mas o cérebro não deixa.
Mesmo aos tropeções pelo cansaço, vai-se fazendo uma retrospectiva de toda a nossa vida.

Não fiz associação, a não ser pela manhã, quando passei perto ao lugar onde morava e vi nuvens extremamente brilhantes sobre a sua casa, que me fizeram lembrar que faz hoje precisamente um ano.
Há pessoas que “vão” mas deixam uma áurea, que nos faz lembrá-las.

Não sei se existem “premunições”, mas tenho coincidências enormes em momentos marcantes da minha vida.
Não sinto que tenha qualquer poder fora do normal, como alguns dizem sentir, mas acredito cada vez mais na energia que emana de todo o universo.
A nossa verdadeira essência é essa energia a que chamamos normalmente “espírito “ e que não se desliga só porque morremos.

“Dizemos adeus a quem amamos, sem os tirar do coração” 
e sem deixar de estar com eles de vez em quando.

É bom senti-los por perto - de alguma forma trazem-nos paz.
Talvez procuremos neles conforto para aceitar a morte.

Mesmo tentando ter fé,
a saudade é uma dor imensa.

Benvinda Neves
29 Agosto 2014


(serás sempre lembrada com muito carinho)