Google+ Badge

sexta-feira, 18 de julho de 2014

O que gosto mesmo...




O que gosto mesmo...


Há alturas na vida em que nos contentamos com o presente.
Eu tenho muitos momentos desses - de puro conformismo.
Muitas vezes não ambiciono nada - limito-me a saborear o que tenho.

Já ouvi que não ambicionar é  defeito.
Mas para mim também é pecado não amarmos o que nos é dado.
Sinceramente acho mais criticável o segundo,
embora seja o mais comum e o mais aceite socialmente.

Não fui educada a cultivar a ambição - e embora reconheça
que é necessária no manual de sobrevivência,
a verdade é que sou por norma uma pessoa satisfeita com pouco.

Podia ter tentado mudar este aspecto,
pois até sei que vivemos num mundo competitivo
em que vence o que "for mais...ou tiver mais..."
Mas nunca tive vontade de o fazer.

A minha natureza é de certa forma "contemplativa"
e embora goste dos prazeres materiais,
não sou de forma alguma
dependente deles para me sentir feliz.

O que gosto mesmo...
é de céu, mar, tempo,
liberdade e muito amor.

Tudo o que vier por acréscimo,
é bem vindo, mas não vital.
O que me sufocaria, 
seria deixar de ver o entardecer...


Benvinda Neves
Julho/2014