Google+ Badge

segunda-feira, 16 de junho de 2014

A noite tomou o dia…




A noite tomou o dia…

Não morre a dor, apenas porque a queremos calar,
Nem partem porque queremos,
Aqueles que decidimos esquecer.

Deitam-se connosco na sombra da noite,
Sobre o nosso peito dorido do silêncio.

Morrem no sono do corpo cansado,
Para acordar de manhã,
No sol, no mar, nas flores, no canto dos pássaros
Ou nos tons quentes do fim do dia.

Mora em meu coração toda a natureza viva,
Que protesta a rapidez 
Com que a noite tomou o dia.

Benvinda Neves

Junho 2014