Google+ Badge

domingo, 3 de março de 2013

Cismar no tempo...





Cismar no tempo...



E se o tempo se desfizesse
e nos devolvesse anos que passaram,
saberíamos fazer diferente,
ou as loucuras seriam as mesmas?

Confesso
que às vezes cismo no tempo,
porque me escorre...
como água por cima de areia.

A promessa de fazer amanhã
o que não fiz hoje,
não é Verdadeira.

As horas conjugam
como que unidas numa só.

Um dia converte-se em anos
e esfuma-se o tempo,
sem que saiba que fiz de todo ele.

Se o tempo me fosse devolvido,
restar-me-iam mais anos.

Confesso,

Não saberia fazer
mais que o que faço com o dia de hoje.


Benvinda Neves
Março 2013