Google+ Badge

domingo, 24 de fevereiro de 2013

Presente...


Presente...





Presente...

Estou sentada a olhar o nada.
Olho sem ver,
porque o meu corpo está,
Mas a alma ausentou-se
E vagueou para dias
que se volatilizaram no tempo.

Pobre incompreendido
“Presente, que nunca me satisfaz”
E o “Ontem, que não me satisfez",
hoje traz-me saudade.


Benvinda Neves
Fevereiro 2013