Google+ Badge

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Cheira a maresia…

Cheira a Maresia...






Cheira a maresia…

Vêm até mim chapinhares na água,
Correrias, coros de gargalhadas,
Gritos de alegria repletos da liberdade
Que só da alma de uma criança consegue emanar.
Cheira a areia molhada, coberta de pegadas,
A mar de algas verdes, amarelas, castanhas, vermelhas,
Que se transformavam em cabeleiras, colares ou pulseiras,
Fantasiando sonhos de príncipes e princesas sorridentes.
Cheira a pedrinhas, conchas e búzios de mil formas e cores,
Recolhidas como tesouros, em chapéus de pano.
Cheira a espuma branca
Trazida pelo vento na borda de uma onda,
Bigodes e barbas de velhos em rostos afogueados,
Que se desfaziam entre gargalhadas de prazer.

Cheira a maresia…
Cheira ao encanto dos Verões da minha infância.

Benvinda Neves
21 Fevereiro 2013